Doenças Orais

As principais doenças orais são a cárie dentária, as doenças gengivais, os traumatismos, as desarmonias dento-faciais e o cancro oral.

 

Cárie Dentária

A doença cárie dentária manifesta-se através de lesões cavitadas ou não (com ou sem perda visível de tecido dentário) que afectam os tecidos mineralizados do dente.


A dor de dentes é o que se sente, normalmente, num dente quando está formada uma cavidade. Contudo, nas fases iniciais, as lesões de cárie não provocam qualquer tipo de sintomatologia, surgindo esta apenas quando a extensão das lesões é mais significativa.


Se for convenientemente e atempadamente tratada, pode ser interrompida a progressão das lesões de cárie, evitando o risco de perda do dente.

 

Doença Gengival

A doença das gengivas é uma inflamação das gengivas que pode evoluir, afectando o osso que rodeia e suporta os seus dentes. É causada pelas bactérias da película que se forma naturalmente em torno dos dentes e gengivas.


Gengivite - é a fase inicial e reversível da doença gengival. É uma inflamação das gengivas provocada pelo crescimento da placa bacteriana na zona entre o dente e a gengiva. Se a escovagem e o uso do fio dentário não removerem essa placa bacteriana, são produzidas toxinas que podem inflamar o tecido gengival, causando a gengivite. Pode-se observar hemorragia durante a escovagem, sendo este o primeiro sinal de alerta para a doença.


Periodontite - esta é a fase irreversível da doença, quando o osso e as fibras de suporte que mantêm os dentes no seu lugar foram irremediavelmente afectados.

 

Sensibilidade Oral

A sensibilidade dentária é a dor de dentes causada pelo desgaste de qualquer superfície do dente ou do tecido gengival. A causa mais comum da sensibilidade dentária nos adultos é a exposição de raízes dentárias devido à recessão gengiva.

 

Tártaro

O tártaro, também chamado de cálculo, é a placa bacteriana que mineralizou e endureceu nos seus dentes. O tártaro inicia a sua formação junto da linha da gengiva e progride para baixo dela, provocando a inflamação dos tecidos gengivais. O tártaro pode não só ameaçar a saúde dos seus dentes e gengivas, mas também tornar-se um problema estético.

 
                                
 

Tratamentos

Dentisteria Estética

A cárie dentária é a patologia oral mais frequente na nossa população. É tratada eliminando a zona do dente afectada e reconstruindo–o.


Na nossa Clínica quase totalidade das restaurações são efectuadas com resinas. Estes materiais compósitos permitem obter óptimos resultados estéticos, tornando-se impossível, sem um exame médico, distingui-las de dentes naturais.

 

Branqueamento Dentário

O branqueamento de dentes consiste na aplicação de um agente branqueador na superfície dos dentes que, actuando no seu interior, provoca a alteração da cor para vários tons mais claros.


Os tratamentos de branqueamento dentário devem ser precedidos de uma observação clínica por um Médico Dentista, onde se avalia a cor dos seus dentes segundo uma escala e se estabelece a indicação ou contra-indicação deste tratamento. Nem todos os tipos de manchas ou descolorações são reversíveis optando-se, nesses casos, por outras soluções estéticas.

 

Implantologia

Os implantes consistem na substituição do dente natural através da colocação de uma raiz artificial em titânio, designado de implante dentário. Esta raiz permite suportar um novo dente.


Este processo tem, assim, duas fases. Na primeira procede-se à colocação do implante (que corresponde à raiz do novo dente). Na segunda, após a cicatrização do implante, que dura cerca de 4 meses, o médico dentista coloca o dente sobre o referido implante.


Os implantes permitem obter a substituição de um dente, de vários dentes ou de todos os dentes, sendo a sua colocação indolor.

 

Endodontia

Quando as cáries atingem a polpa do dente (vulgarmente designada por nervo) esta tem de ser removida, eliminadas as bactérias e selados os canais. Este procedimento tem o nome de endodontia e é vulgarmente conhecido por desvitalização.


É possível, deste modo, eliminar focos de infecção dentária e manter o dente. A Desvitalização de Dentes pode ser a única solução para um dente, evitando-se assim a sua extracção.

 

Periodontologia

Periodontia é a disciplina da medicina dentária que se dedica à prevenção, diagnóstico e tratamento das doenças das gengivas e das estruturas de suporte dos dentes.

 

O tratamento consiste na “limpeza” da zona sub-gengival, ou seja, a eliminação das bactérias da zona abaixo da linha de gengiva e acima do osso e é efectuado com anestesia local e sem dor.

 

Próteses Dentárias Removíveis

A prótese dentária removível visa a substituição de dentes perdidos. São facilmente removíveis e inseridas por si, sem intervenção do Médico Dentista. Após cuidada observação, o Médico Dentista constrói um modelo da sua boca. Em apenas 2 ou 3 consultas adicionais para provas, a sua prótese dentária fica terminada.

 

Próteses Dentárias Fixas

Perder dentes reflecte-se, não só na função mastigatória, como também na estética dos dentes. Com o tempo e com as alterações da posição dos dentes, podem surgir problemas graves na articulação.


Após avaliação pelo Médico Dentista aos dentes pilares iniciamos a colocação definitiva da Prótese Dentária: coroa ou ponte. Daí até ao fim deste tratamento passam, habitualmente, entre 3 a 6 semanas. A colocação de próteses não provoca dor, sendo utilizada anestesia local.

 

Ortodontia

Antes de iniciar o tratamento o Médico Dentista elabora um estudo cefalométrico que inclui a construção e análise de modelos da sua boca, estudo fotográfico, RX panorâmico e de perfil. Este estudo vai permitir definir o tempo de tratamento, o tipo de aparelhos dentários a utilizar e as forças a exercer durante o tratamento.

 

Extracção de Dentes e a Cirurgia

A Cirurgia agrega um conjunto diverso de procedimentos, sendo o mais frequente a exodontia, ou seja, a extracção de dentes. O avanço das técnicas e do conhecimento tem permitido, por um lado salvar mais dentes, e por outro, reduzir o desconforto dos tratamentos. Todos os procedimentos de extracção de dentes se executam sem dor, factor que contribui para a diminuição da ansiedade.

 

Higiene Oral

É a forma mais eficaz de prevenir as doenças orais originadas pela placa bacteriana (cáries, gengivite e periodontite).


Consiste na remoção da placa bacteriana da superfície dentária de forma a impedir a perda precoce dos dentes e osso e reduzir a inflamação gengival por bactérias da placa bacteriana.

Contacto
Centro Policlínico de Olhão
(Olhão)
Olhão - Clínica Dentária


Dentistas no Algarve

Rua Lavadouros 46-lj 3
8700-442 OLHÃO
289 706 176
289 706 176